segunda-feira, agosto 10

Leito

Obs: Texto sem acentuaçao. Teclado desconfigurado!

A colher com xarope, o lençol colocado por cima do seu corpo, o beijo na testa e um pedido a Deus que melhorasse, demostravam a quantidade de carinho que ele abrangia por ela. Ele era alguem em quem poderia confiar, alguem que importava-se com o que ela representava, independente das suas atitutes covardes e egoistas que o magoavam, contudo ele jamais fraquejou, ele aproximava-se mais e mais.



Ao lado da cama com olhar de preocupaçao, a agua fervendo no bule para o cha, os sonhos adormecidos em sua mente de um romance ao lado dela, assim ele queria ser o par perfeito, pelo menos o amigo apaixonado que talvez um dia fosse notado, essas eram suas esperanças, privar-se de sua vida por outra vida, aquilo era muito cruel, quem observava de fora, sabia do seu sofrimento, dos esforços que fazia para agrada-la, “ - Voce pode fazer isso por mim?”, sem relutar dizia “ – Mas e claro!”.


Durante o leito, a menina lamentava ter errado tanto e não ter respeitado os sentimentos de quem realmente a amava, perguntava-se “Porque fui tao cega?”,“Porque amamos quem não nos ama e damos valor as pessoas erradas?” .


A sua ultima noite foi de um interrogatorio pessoal, seu corpo sucumbia em lagrimas, ele tinha adormecido segurando a sua mao, aquilo a confortava, suas atuaçoes simples e efetivas mesmo após a morte não seriam esquecidas, tentou adivinhar o que ele deveria estar sonhando mas não conseguiria chegar ate o fim do sonho, pois a sua hora tinha chegado.


Os dois adormeceram juntos de maos dadas, porem somente um deles acordaria para uma nova vida, talvez um recomeço tornara-se necessario para ambos, infelizmente somente um sobreviveu da sua doença. E essa doença era o amor.



Faça-se apaixonado e faça-se apaixonar...

Contudo sempre a um limite entre a razao e a emoçao...



Jefferson Lucas

5 comentários:

Clara disse...

OieEeee ... amei o texto .. mesmo ,
achei super bem elaborado e tal .. fofo xD
Gostei pq ensina mais ou menos (na minha percepcao) q nos temos q dar valor p as pessoas enquanto as temos .. e enquanto elas estao aki p nós ,isso foi o q ele fez ....
pena ela n ter feito o msmo ... e ás vezes a gente percebe o quanto errou tarde demais =/

litinha disse...

Passo por isso, e so lendo o texto percebi q iria cometer um erro sem tamanho. Há momentos realmente em que me faço as mesmas perguntas da menina.

Elbene disse...

Oi
O texto está bem elaborado!
Sim! temos que estar apaixonados sempre!
bjao

Felícia Alcântara disse...

Sempre falando de amor divinamente héin? Nosso grande mal é não olharmos para o lado, e enxergar quem nos dá o nosso devido valor.Desse jeito vamos perdendo nossas oportunidades de provar desse bem único que tanto nos fortalece.

Beijo grande!

JapinhaLoka® disse...

Belo texto, mais uma vez parabéns.

Vou acatá-lo como uma lição que no momento me serviu muito.

Beijo.